Muros

A expressão inglesa brick wall – muro de tijolos – é usada para descrever o ponto a partir do qual a pesquisa genealógica é interrompida pela inexistência – ou impossibilidade momentânea – de encontrar novos registros documentais a respeito de um antepassado ou um costado da árvore genealógica.

Estrangeiros

A atividade política não goza de boa opinião perante o povo brasileiro há décadas, e os recentes escândalos de corrupção envolvendo figuras importantes da política nacional certamente não ajudam a mudar esse cenário. Com a rapidez de circulação das informações no mundo contemporâneo, sobra uma impressão de caos generalizado.

Antagonista

A seção Figuras Ilustres do portal do município português de Tabuaço, em Viseu, informa que José Pinto Rebello de Carvalho (1788-1870) foi um escritor, político e médico muito envolvido na causa do liberalismo e cita alguns dos principais eventos de sua biografia e dos textos que ele publicou. Do texto descritivo apresentado, extraio a seguinte passagem, com meus destaques no texto:

Hipóteses

Toda boa pesquisa deve começar com uma hipótese ou ao menos com uma pergunta. Assim deve ser também com a pesquisa genealógica, mesmo que as hipóteses ou perguntas não estejam todas formalmente descritas. O caso que passo a descrever envolve um personagem sobre quem já escrevi muitas vezes aqui no blog e de quem certamente ainda terei muito a dizer – José Pinto Rebello de Carvalho (1788-1870), natural de Barcos, primo de minha trisavó e exilado durante a Guerra Civil portuguesa (1828-1834).

Navegante

Júlio Pinto Rebello (1839 – ?) foi um primo de minha trisavó paterna sobre quem já escrevi outros textos aqui no blog. Durante uma busca por seu nome no Google – ainda falarei sobre o uso dessa ferramenta na pesquisa genealógica -, encontrei uma menção no Correio Mercantil, vista abaixo, a certo “portuguez Julio Pinto Rebello” que teria chegado à capital do Império do Brasil em 1º de novembro de 1862. Segundo informações da base de dados GERMIL, ele deveria ser segundo sargento nessa época.

Judeus

Tenho observado que o texto que mais atrai leitores aqui no blog é aquele em que falo dos judeus sefarditas e da lei que lhes permite a aquisição da cidadania portuguesa caso comprovem a ascendência até aquela comunidade tão perseguida em séculos passados. Ocorre que, mesmo depois de ter publicado o texto, ainda recebo consultas de conhecidos a respeito das listas de sobrenomes (apelidos) portugueses supostamente judaicos que volta e meia são divulgadas nas redes sociais.

Hemeroteca

Acredito que poucos genealogistas amadores saibam da existência da Hemeroteca Digital, um banco de dados de periódicos brasileiros e alguns estrangeiros que permite a consulta pelo texto integral contido em jornais, revistas, anuários, boletins e publicações seriadas. Essa valiosa ferramenta é oferecida para consulta livre e sem ônus ao interessado pela Fundação Biblioteca Nacional do Brasil.

CEPESE

O Centro de Estudos da População, Economia e Sociedade – CEPESE é uma Instituição de Utilidade Pública fundada pela Universidade do Porto e pela Fundação Engenheiro Antônio de Almeida que tem como objetivos a investigação científica em parceria com outras instituições universitárias, entre outras entidades.