Profissão

Quer tenham sido agricultores, proprietários de terras, comerciantes ou profissionais liberais, nossos antepassados exerceram atividades que devem ter deixado registros em algum meio físico – contratos de trabalho ou de prestação de serviço, fotografias, livros contábeis – ou imaterial – relatos e histórias de família, por exemplo. Buscar esses registros é a primeira etapa na reconstrução da história da vida profissional desses antepassados.

Ainda que nem todas as famílias tenham tido o cuidado de guardar documentos de seus antepassados e que as histórias tenham sido esquecidas, é possível recorrer a fontes jornalísticas e a publicações especializadas, dentre as quais podemos citar o Almanak administrativo, mercantil, e industrial do Rio de Janeiro.

Almanak_Laemmert_(1844)

Popularmente conhecida como Almanak Laemmert, essa publicação foi editada entre 1844 e 1889 pelos irmãos Eduard e Heinrich Laemmert, alemães pioneiros no mercado tipográfico brasileiro. Nela encontramos dados censitários, textos legislativos e mesmo propagandas.

Por sua abrangência, o Almanak Laemmert é considerado fundamental para o estudo da vida no Brasil do século XIX. A pesquisa em suas edições pode ser feita no site da Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional.


José Araújo é linguista e genealogista amador.