Alfaiate

“Quase não há diferença entre uma e outra fábrica. Desde o Jardim Botânico até Paracambi, e desde Bangu até Petrópolis, em toda parte sente-se a mesma escravidão, idênticos são os sofrimentos do trabalho rude e da vida miserável”. – Pelas Fábricas de Tecidos, In: 1911, A Guerra Social, periódico anarquista, citado por Carlos Augusto Addor.

Desinformação

Há alguns dias assisti a uma entrevista de um ator brasileiro que vive hoje em Portugal na qual ele discorria sobre suas preocupações a respeito da situação brasileira após o resultado das eleições de 2018. Nessa entrevista, entre outras afirmações, o ator declarou que a Europa não havia tido escravidão dentro de suas fronteiras. Ledo engano.

Memória

Não me canso de repetir que toda família deveria se preocupar em guardar cartas, diários, fotografias e relatos orais para a posteridade. Mais do que servir apenas a fins práticos como a busca de cidadania estrangeira, essa atitude ajuda a preservar  a memória da família, que julgo ser um bem imaterial dos mais valiosos.