Escravidão

O Arquivo Digital de Sociedades Escravagistas – Slave Societies Digital Archive ou SSDA – é uma iniciativa destinada a identificar, catalogar e preservar em formato digital materiais arquivísticos que documentam a história dos africanos e seus descendentes no mundo Atlântico.

As coleções mais antigas do SSDA contêm assentos paroquiais de batismo, casamento e óbito. Os arquivos relativos ao Brasil oferecem livros digitalizados de paróquias dos estados de Minas Gerais, da Paraíba e do Rio de Janeiro.

Arquivo Digital de Sociedades Escravagistas – SSDA

As imagens dos livros – nem todos eles em boas condições, infelizmente – não permitem a busca por palavra e não há transcrições disponíveis. Apesar dessas limitações, a navegação pelas imagens é bem ágil e permite vários níveis de ampliação.

O SSDA não contém livros de todas as paróquias das áreas citadas, mas contém um bom número de livros que podem auxiliar o pesquisador interessado em reconstruir a história de seus ancestrais que tenham sido escravizados no Brasil.

Para saber mais sobre as dificuldades específicas na pesquisa genealógica que envolve antepassados de origem africana que foram escravizados no Brasil, recomendo a leitura do terceiro volume da coleção Genealogia Prática.


José Araújo é linguista e genealogista amador.