Raízes

Tenho recebido perguntas sobre a possibilidade de determinar a origem de antepassados africanos, isto é, a nação ou etnia a que teriam pertencido antes de serem escravizados e trazidos para o Brasil. A resposta que costumo dar é que se trata de uma impossibilidade, porém isso não é uma verdade absoluta.

Leia Mais →

Desinformação

Há alguns dias assisti a uma entrevista de um ator brasileiro que vive hoje em Portugal na qual ele discorria sobre suas preocupações a respeito da situação brasileira após o resultado das eleições de 2018. Nessa entrevista, entre outras afirmações, o ator declarou que a Europa não havia tido escravidão dentro de suas fronteiras. Ledo engano.

Leia Mais →

Embananado

Quem tem ascendência escrava em sua árvore familiar pode ter muita dificuldade para encontrar documentos e outros registros que lhe permitam conhecer suas origens. Apenas para citar uma questão bastante frequente e incômoda para os genealogistas, os assentos de batismo de filhos de escravos não costumavam informar os sobrenomes – apelidos, como se diz em Portugal – dos pais e […]

Leia Mais →

Xindonga

Alcunhas – ou apelidos, como se diz no Brasil – costumam ser atribuídas para destacar uma característica física ou de personalidade de uma pessoa, ou até mesmo, como foi o caso de um antepassado em Portugal, para refletir sua posição dentro da família no que diz respeito à transmissão dos bens. Mas o que dizer de uma alcunha que denota o […]

Leia Mais →

Indenização

Theodora Maria da Conceição é minha bisavó materna e uma personagem bastante complexa de minha árvore familiar. A complexidade se deve ao fato de haver evidências discordantes relativas ao ano de seu óbito, ausência de informações objetivas sobre seus pais e também a respeito de sua cidade de nascimento – Nova Iguaçu ou Itaguaí.

Leia Mais →

Libertas

Em texto anterior, discuti o resultado de um teste genético que comprovaria um fato desconhecido em minha família materna: minha avó materna, que para todos os efeitos era branca, na verdade tivera uma avó ou bisavó escrava. Outro fato igualmente surpreendente foi a descoberta de que também meu bisavô, pai de minha avó materna, tivera antepassadas escravas.

Leia Mais →

Centenária

É crença comum que vivemos mais hoje porque temos à nossa disposição as maravilhas da ciência moderna. De fato, nossa vida hoje é mais confortável e estamos ainda menos sujeitos a doenças que nos séculos passados dizimavam populações. Mas nossa maior longevidade pode ser relativizada quando fazemos pesquisas por registros de nossos antepassados.

Leia Mais →

Julgamento

” […] lembraria a meus colegas que não se estuda história para julgar, mas para compreender.” A Escravidão no Brasil (Como Eu Ensino) – Joel Rufino dos Santos Essa afirmação do historiador Joel Rufino dos Santos me trouxe algum alento após uma descoberta que pôs à prova minha admiração por um parente que, mesmo sem eu jamais tê-lo conhecido, teve […]

Leia Mais →