Extemporâneo

Em minhas pesquisas em assentos paroquiais de batismo, já encontrei alguns casos interessantes, como o de escravos batizados na idade adulta, certamente pela necessidade de serem convertidos à fé cristã depois de trazidos à força desde o outro lado do Atlântico. Mas encontrei também outros casos – que avalio como curiosos – de batismos não tão tardios, mas realizados depois […]

Leia Mais →

Ilustre

Nos portais de algumas localidades portuguesas existem páginas dedicadas às pessoas ilustres que nelas viveram. Tais páginas podem conter informações úteis para nossa genealogia quando temos a certeza de que nossas famílias são originárias dessas localidades.

Leia Mais →

DigiGov

A plataforma DIGIGOV – Diário do Governo Digital (1820-1910) permite a consulta por texto em cerca de 30.000 edições do jornal oficial do Estado Português que foram publicadas entre 16 de setembro de 1820 e 5 de outubro de 1910.

Leia Mais →

Pobríssimos

Os assentos paroquiais – de batismo, casamento e óbito – nos fornecem informações preciosas sobre as origens de nossos antepassados que nos permitem reconstruir os ramos de nossas árvores familiares. Mas eles costumam fornecer também dados que nos permitem descobrir em que condições viveram nossos familiares.

Leia Mais →

Escrava

É comum acreditar que famílias estabelecidas há séculos no Brasil tenham em sua composição genética elementos dos três grandes grupos formadores: o indígena, o europeu e o africano. Pelo mesmo raciocínio, isso não ocorreria em famílias estabelecidas mais recentemente, por volta do século XX, por exemplo, nas quais um desses elementos poderia existir de forma exclusiva – caso de minha […]

Leia Mais →

Emergência

O advogado e deputado António Júlio Pinto Ferreira foi assassinado em 27 de junho de 1867 na vila de S. João da Pesqueira em Viseu, Portugal. Não era meu ascendente direto, mas sim um primo distante. A razão para abordar seu assassinato mais uma vez não está no fato em si, mas em uma questão de onomástica.

Leia Mais →

Dicionário

O Dicionário Histórico, Corográfico, Heráldico, Biográfico, Bibliográfico, Numismático e Artístico de Esteves Pereira e Guilherme Rodrigues foi publicado em Portugal entre 1904 e 1912. A obra contém uma minuciosa descrição histórica de todas as cidades, vilas e outras povoações de Portugal continental e também das ilhas e territórios dominados por Portugal nos outros continentes.

Leia Mais →

Lendas

Sempre ouvi dizer que esta Santa em Vida foi muito mal tratada pelo homem. E que depois de estar sepultada mais de sete anos, o cunhado, que era o coveiro, ao abrir a cova para enterrar lá outro familiar, viu que a mulher estava em carne viva. Chamou então lá o homem dela, e conta-se que ele foi lá com […]

Leia Mais →