Herdeiro

No dia vinte e sete do mês de junho de mil oitocentos e sessenta e sete pelas duas horas da noite em uma casa sem número nesta freguesia de São João da Pesqueira, concelho da mesma, Diocese de Lamego, faleceu António Júlio Pinto Ferreira, solteiro, de idade pouco mais ou menos trinta e cinco anos, proprietário, Bacharel em Direito, natural […]

Leia Mais →

Salto

Existe uma complexidade no antigo sistema de nomeação português que costuma confundir os pesquisadores novatos. Se hoje a mulher casada pode receber o sobrenome/apelido do marido em substituição ao do pai, em séculos passados era costume que recebesse exclusivamente o da mãe ou da avó e os mantivesse durante a vida. Apenas os filhos homens herdavam os sobrenomes dos pais.

Leia Mais →

Ilustre

Nos portais de algumas localidades portuguesas existem páginas dedicadas às pessoas ilustres que nelas viveram. Tais páginas podem conter informações úteis para nossa genealogia quando temos a certeza de que nossas famílias são originárias dessas localidades.

Leia Mais →

DigiGov

A plataforma DIGIGOV – Diário do Governo Digital (1820-1910) permite a consulta por texto em cerca de 30.000 edições do jornal oficial do Estado Português que foram publicadas entre 16 de setembro de 1820 e 5 de outubro de 1910.

Leia Mais →

Emergência

O advogado e deputado António Júlio Pinto Ferreira foi assassinado em 27 de junho de 1867 na vila de S. João da Pesqueira em Viseu, Portugal. Não era meu ascendente direto, mas sim um primo distante. A razão para abordar seu assassinato mais uma vez não está no fato em si, mas em uma questão de onomástica.

Leia Mais →

Dicionário

O Dicionário Histórico, Corográfico, Heráldico, Biográfico, Bibliográfico, Numismático e Artístico de Esteves Pereira e Guilherme Rodrigues foi publicado em Portugal entre 1904 e 1912. A obra contém uma minuciosa descrição histórica de todas as cidades, vilas e outras povoações de Portugal continental e também das ilhas e territórios dominados por Portugal nos outros continentes.

Leia Mais →