Emergência

O advogado e deputado António Júlio Pinto Ferreira foi assassinado em 27 de junho de 1867 na vila de S. João da Pesqueira em Viseu, Portugal. Não era meu ascendente direto, mas sim um primo distante. A razão para abordar seu assassinato mais uma vez não está no fato em si, mas em uma questão de onomástica.

Leia Mais →

Dicionário

O Dicionário Histórico, Corográfico, Heráldico, Biográfico, Bibliográfico, Numismático e Artístico de Esteves Pereira e Guilherme Rodrigues foi publicado em Portugal entre 1904 e 1912. A obra contém uma minuciosa descrição histórica de todas as cidades, vilas e outras povoações de Portugal continental e também das ilhas e territórios dominados por Portugal nos outros continentes.

Leia Mais →

Expurgo

Como consequência do conflito que pôs em lados opostos os irmãos d. Pedro (1789-1834), defensor da constituição liberal, e d. Miguel (1802-1866), defensor do absolutismo, centenas de liberalistas sofreram expurgos e perseguições pelos partidários de d. Miguel. Entre as vítimas estava meu primo afastado, o bacharel José Pinto Rebello de Carvalho (1788-1870).

Leia Mais →

Rivalidade

Os assentos paroquiais nos dizem muito sobre a vida de nossos antepassados, mas, com as devidas exceções, trazem apenas informações factuais, tais como datas e locais, além, claro, dos vínculos familiares – pais, avós, tios, irmãos – e de afeto – padrinhos e madrinhas. O que eles não trazem, no entanto, são informações a respeito da vida cotidiana, que podemos […]

Leia Mais →

Assassinato

Na noite de 27 de junho último foi assassinado na vila de S. João da Pesqueira, ao recolher-se para sua casa, o Dr. António Júlio Pinto Ferreira, advogado e deputado daquele círculo [na] sessão legislativa que se abriu em janeiro de 1865. […]

Leia Mais →

Religiosidade

A pesquisa genealógica muitas vezes nos apresenta fatos surpreendentes, fatos que vêm para desfazer uma imagem que tínhamos sobre nossos antepassados. Meu caso pessoal é um bom exemplo disso. Até que a pesquisa genealógica demonstrasse que a realidade era bem diferente, sempre tivera a certeza de que minha família portuguesa era muito religiosa, afinal sempre vi minhas tias e primos paternos frequentando missas e participando de eventos da Igreja.

Leia Mais →

Comunista

No Brasil, diz-se que futebol, política e religião são assuntos que não se devem discutir.  Hoje, com o acirramento das posições à esquerda e à direita – o que quer que isso queira significar no Brasil -, mais do que nunca essa afirmação parece refletir a verdade. Em termos políticos, creio estar alinhado com o liberalismo de meu admirado e […]

Leia Mais →

Achado

Segundo nota publicada na edição 117 do Correio Mercantil, e Instructivo, Politico, Universal do dia 29 de abril de 1859, saiu do Porto do Rio de Janeiro no dia anterior, com destino a Campos, o vapor Ceres, de 182 toneladas, levando vários gêneros e passageiros, dentre os quais:

Leia Mais →