Pular para o conteúdo

Acadêmicos

O Google é uma ferramenta útil para o genealogista amador que não tem ideia por onde começar suas pesquisas. Essa ferramenta, no entanto, pode exigir o conhecimento de algumas estratégias mais sofisticadas para que a busca resulte satisfatória. Uma dessas estratégias é a busca por arquivo específico. Por meio dela, é possível indicar para a ferramenta que as informações desejadas […]

Leia Mais →

Arthurzico

Cypriana Antunes Coimbra nasceu em Tonda, concelho de Tondela, Viseu, Portugal, em fevereiro de 1903 e veio para o Brasil quando tinha 14 anos. Era filha de jornaleiros, isto é, agricultores que eram pagos por jornadas de trabalho. Cypriana foi provavelmente mais uma das milhares de portuguesas que desembarcaram no Rio de Janeiro no início do século XX em busca […]

Leia Mais →

Anarquista

Segundo a Wikipédia, as “ligas anticlericais foram organizações políticas contra a Igreja Católica, geralmente de inspiração anarquista, maçônica e ateia, fundadas em diversas cidades do Brasil nas primeiras décadas do século XX”.

Leia Mais →

Polícia

Meu avô Antônio Maria Pinto de Araújo teve dois casamentos. Sou neto de Josefa, com quem ele se casou aos 50 anos, em 1918, depois um breve período de viuvez decorrente da perda de sua primeira esposa Luiza de Macedo, com quem ele chegou no Porto de Santos, São Paulo, em 14 de abril de 1905, trazendo os sete filhos […]

Leia Mais →

Esportistas

O genealogista amador que inicia suas pesquisas apenas com registos paroquiais pode acabar tendo a noção equivocada de que seus antepassados apenas nasceram, casaram-se (ou não) e morreram, sem que tenham feito nada mais em suas vidas entre esses momentos.

Leia Mais →

Pseudônimo

O uso de pseudônimos é comum entre atores e cantores, mas não se espera que ocorra entre pessoas comuns e muito menos em documentos oficiais. Um caso curioso foi observado em uma árvore que estou elaborando e que poderia futuramente constituir um ramo de minha família materna – o dos Pereira Belém.

Leia Mais →

Paralelos

Dizer que a pesquisa genealógica costuma nos apresentar surpresas é como chover no molhado. Nem sempre as surpresas são gratas, mas ainda assim têm o poder de nos assombrar.

Leia Mais →

Confusão

Assentos paroquiais constituem uma fonte preciosa para a descoberta de nossos antepassados. Embora a Igreja estabelecesse padrões rígidos para os registros de batismo, casamento e óbito e fizesse visitas periódicas às paróquias para observar irregularidades, nem sempre encontramos nos assentos informações consistentes, o que torna a pesquisa por vezes bastante confusa.

Leia Mais →